Hot Widget

Pesquise aqui

Empoderamento feminino na arte do grafite de letras

Por Rosângela Cafasso

grafite* é uma forma de expressão artística, feita nas paredes das cidades como sua própria tela de criação

A artista visual grafiteira Dina é originária de Manaus e já viveu em Guarulhos por 3 anos. Atualmente, ela reside na Zona Leste de São Paulo e está envolvida na cena do grafite desde 2005. Dina utiliza as letras para empoderar-se e seus trabalhos podem ser vistos em várias regiões do Estado, incluindo as ruas de Guarulhos, além de participar dos principais eventos da cena, como a Viela das Letras, 100 Minas na Rua (São Paulo) e Mogi Art Fest (Mogi das Cruzes). Além disso, a artista também deixa sua marca em muros, becos e vielas na cidade de São José dos Campos.

Artista visual grafiteira, Dina, empodera sua arte através das letras. Imagem: arquivo pessoal.

O grafite tem recebido muita atenção no campo das artes visuais e faz parte de um fenômeno global associado a características sociais e culturais do Hip Hop. 

As letras no grafite remetem à sua essência, sendo uma forma de intervenção urbana cujos elementos exigem um olhar afinado do artista. As letras são reconhecidas no meio por sua diversidade de cores e estética.

“Eu faço grafite* voltado para as letras Wild Style” , conta Dina. Imagem: arquivo pessoal

Dina traz para o grafite o seu vulgo, deixando a sua marca por onde passa. Sobre o Wild Style, é um estilo em que as letras são mais trabalhadas e trançadas, exigindo atenção aos detalhes.
- Apoio -
Dina começou na cena do grafite em 2005, mas teve várias pausas, retomando de forma mais ativa há quatro anos. Neste trabalho, a artista criou sua arte em conjunto com o artista grafiteiro e fotógrafo Sidão. Imagem: arquivo pessoal.


Nas letras Dina utiliza o seu vulgo nos trabalhos com letras e intervenções artísticas. Imagem: arquivo pessoal
“No grafite*, tento transmitir através das letras, uma mensagem (...) causa certo espanto por ser uma mulher fazendo grafite* neste estilo”, fala Dina. 

“A letra é a essência do grafite, a pegada da letra é impactar" . Imagem: arquivo pessoal

Na Viela das Letras, Dina já fez trabalhos deixando registrado o seu vulgo. O evento é voltado exclusivamente para artistas letristas.

Imagem: Arquivo pessoal

Dina faz parte da Jóia Crew e conta que foi a primeira mulher a entrar no grupo. Atualmente, a crew conta com mais duas mulheres além de nove homens.

“A cada evento temos que nos empoderar, vamos evoluir, só assim a gente aparece. Tem muito cara que ajuda, ainda não são todos”. 
Imagem: Arquivo pessoal

“Hoje em dia temos que ocupar mais espaços para garantir nossa representatividade em uma cultura formada ainda maioria sendo homens” finaliza Dina.

*Nota: Na série de matérias "Arte Urbana em Guarulhos - Mulheres na Cena do Grafite", optamos pela escrita da palavra em vernáculo: grafite.

As matérias da série Arte Urbana em Guarulhos são protegidas por Direitos Autorais, sendo vedada a reprodução, distribuição ou comercialização de qualquer material ou conteúdo dele obtido, sem a prévia e expressa autorização do BTW Guarulhos.

Siga o BTW Guarulhos nas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e KOO App.  

Top Post Ad

Below Post Ad